31 outubro 2013

Teste: que livro você é

|| || 2 comentários:
Então né. Acabei de ver no Facebook da minha antiga professora de francês um link com o nome: que livro nacional você é? Como boa curiosa e boa leitora, não pude deixar de fazer. O resultado é um livro que nunca li antes mas que agora estou com vontade de ler hehe. Quem quiser fazer o teste, o link está aqui. Recomendo que façam. Vai que você descobre uma paixão por literatura brasileira? Chega de enrolação. Ai vai meu resultado:

"Memórias póstumas de Brás Cubas", de Machado de Assis
Ok, você não é exatamente uma pessoa fácil e otimista, mas muita gente te adora. É possível, aliás, que você marque a história de sua família, de seu bairro... Quem sabe até de sua cidade? Afinal, você consegue ser inteligente e perspicaz, mas nem por isso virar as costas para a popularidade - um talento raro. Claro que esse cinismo ácido que você teima em destilar afasta alguns, e os mais jovens nem sempre conseguem entendê-lo. Mas nada que seu carisma natural e dinamismo não compensem.
"Memórias póstumas de Brás Cubas" (1881) é considerado o divisor de águas entre os movimentos Romântico e Realista. Uma das expressões da genialidade de Machado de Assis (e de sua refinada ironia), há décadas tem sido leitura obrigatória na maior parte das escolas e costuma agradar aos alunos adolescentes. Já inspirou filme e peças de teatro. É, portanto, um caso de clássico capaz de conquistar leitores variados. Proezas de Machado.

Até mais Amoras. Com carinho, Lary Zorzenone

#Parcerias

|| || 2 comentários:
Oi Amoras. Hoje vim dar dois recadinhos. O primeiro é que a programação planejada para o blog terá que ser iniciada somente em dezembro ou janeiro. Houve um probleminha e vou ficar sem câmera, logo, sem vídeos. Caso o problema seja resolvido, a programação vai rolar sim *-*
Segundo recadinho: o blog está com três parcerias incríveis. Vou falar pra você sobre cada um deles. Lembrando, são parceiros por terem conteúdo parecido com o do blog ou porque eu apaixonei (no caso desses três, é as duas coisas). Vamos as apresentações:

O blog Um chá e um livro, é da queridíssima Melyssa. Conheci o trabalho da Melyssa por meio do Instagram. Vi na bio dela o link do blog, visitei e apaixonei. Ela é maniaca por leitura, assim como eu, e faz resenhas maravilhosas e fala sobre tudo de forma bem leve e gostosa. Vale super a pena o click.

O Anderson Luiz criou o blog Manias de Garoto. Lá, ele fala sobre tecnologia, jogos, cria seus textos... enfim. É um blog bastante diversificado que eu amei. Recomendo muito.

I Like Movies! Evelyne, eu também gosto, e muito, de filmes. O blog de Evelyne fala sobre cinema de um modo geral. Admiro o trabalho dela. Amantes de cinema, sigam e persigam esse blog maravilhoso.


Então Amoras. Esses eram os recadinhos que eu tinha pra dar hoje. Estou planejando várias novidades para o blog e para o vlog viu? (Tenho um caderninho dedicado a vocês. Qualquer dia eu mostro. Ou não...) Deixem dicas, críticas, sua opinião sobre as parcerias e sobre meu blog também, afinal, ele é feito pra vocês. Até a próxima. Beijos. Com carinho, Lary Zorzenone

Especial Halloween

|| || Nenhum comentário:
Oi Amoras. Hoje é comemorado, principalmente nos países de língua inglesa, o Halloween. Infelizmente, no Brasil essa prática (de comemorar a data) não é algo muito frequente. Mesmo essa tradição não estando muito presente na cultura brasileira, cada vez mais pessoas se juntam para comemorar o Dia das Bruxas principalmente os, assim como eu, Potterheads. E como não vamos ficar de fora apenas por não fazer parte da tradição, vou deixar aqui com vocês hoje ideias de fantasias, nail arts para as garotas, tipos de decoração para a festa toda. Espero que gostem



 Potterhead mirim *----*
Fantasias bastantes frequentes para rapazes e garotas são as de bruxos, vampiros e personagens da mídia. Qual faz mais seu estilo?




Qual é a mais arrepiante?



O ambiente da festa também tem que ser de arrepiar. As cores mais frequentes nas decorações de Halloween são o preto, o roxo e o laranja. Abóboras, morcegos, esqueletos e outras coisas relacionadas ao tema, complementam a decoração arrepiante.





Os docinhos são, na minha humilde opinião, a decoração mais importante, portanto deve condizer com o tema. Além de deliciosos, eles ficam lindos e alguns são bem fáceis de fazer.

Quem aqui está planejando ir a alguma festa ou organizar uma, espero que as dicas tenham sido válidas. Se tem alguém que já participou de festas com esse tema, deixa sua opinião aqui em baixo, compartilhe suas experiências. A opinião de vocês é muito importante pra mim. Até a próxima. Happy Potter Day! Com carinho, Lary Zorzenone

30 outubro 2013

Nova programação no blog

|| || 8 comentários:
Oi Amoras lindas. Estou aqui só para dar um aviso rapidinho. Vou organizar o blog agora (finalmente!). Cada post terá seu dia certo para acontecer. Os post relativos ao vlog, vão começar a ser postados quando minha câmera chegar. Creio que dia primeiro de novembro já vai estar valendo a organização. Estou aceitando sugestões de temas para os posts e para os vídeos. Quem se compadecer de mim, favor deixar seu pedido, comentário e etc nos comentários. Agradeço imensamente. Com vocês, a nova programação do Vidas Em Preto E Branco (P.S.: Preciso de uma sigla pra esse nome)


Programação

  • Todo dia 1º: Meme musical
  • Todo dia 30/31: Comprei/Ganhei (vlog)
  • Todo dia 30/31: #FotosDoMês (blog)
  • Todo dia 15: Post especial sobre algum "elemento" de alguma saga
  • Domingo: resenha no blog Casa Corvinal
  • Segunda: Texto (blog)
  • Terça: Vídeo (vlog)
  • Quarta: #PapoEntreAmigas / #Dicas (blog)(quinzenal)
  • Quinta: #Top5 (blog/vlog)
  • Sexta: Do livro para o cinema (blog)
  • Sábado: Tá na moda/look do dia
  • #Resenhas: sempre que eu terminar uma leitura
  • #EuAssisti: Sempre que eu ver algum filme
  • Post especial de acordo com cada data comemorativa
Deixei já o link do canal no YouTube, mesmo que ainda não tenha nenhum vídeo postado. Aceito sugestões para o primeiro vídeo hehe. Obrigada Amoras. Beijos e até amanha. Com carinho, Lary Zorzenone

Eu assisti - O melhor amigo da noiva

|| || Nenhum comentário:

Ficha técnica

Título original: Made of Honor
Data do lançamento: 30 de abril de 2008
Direção: Paul Weiland
Música composta por: Rupert Gregson-Williams
Gênero: Comédia romântica
Elenco: Patrick Dempsey, Michelle Monaghan, Kevin McKidd, Sydney Pollack, Busy Philipps

A opinião da Lary sobre o filme...

O filme conta a história Tom e Hannah. Tom conhece Hannah em uma festa da faculdade, onde ele se deita com ela achando que ela fosse Mônica, colega de quarto de Hannah. Foi ódio a primeira vista mas os dois se tornaram melhores amigos e passaram a fazer tudo juntos. Dez anos após o início da amizade deles, Tom continua saindo com várias mulher e Hannah é formada em Artes e busca o verdadeiro amor. Quando Hannah é chamada para passar seis semanas na Escócia, Tom perde seu ponto de equilíbrio e, a partir dai, percebe que o que sente pela sua melhor amiga não é mais somente amizade. Na Escócia, Hannah conhece e se apaixona por Colin, que a pede em casamento. Ela aceita e pede a Tom que seja "sua madrinha". Tom e seus amigos começam a traçar um plano para impedir o casamento.
A primeira vez que assisti esse filme, foi junto com meu atual namorado. Na época, éramos bons amigos e estudávamos na mesma turma. Até hoje sou apaixonada pelo filme e pela trilha sonora dele. Sou totalmente suspeita para falar sobre esse filme já que ele é um dos meus filmes prediletos. Adoro comédias românticas e essa é fofa e apaixonante. As trapalhadas aprontadas pelo Tom e os amigos dele são totalmente hilariantes. Vale muito a pena assistir. Um filme leve e descontraído.

Quem aqui já assistiu? Gostou do filme? Deixe sua opinião aqui em baixo, ela é muito importante pra mim. Até mais. Com carinho, Lary Zorzenone

29 outubro 2013

Dia nacional do livro - 29 de outubro

|| || 6 comentários:

Hoje é o dia nacional do meu companheiro de todas as horas. A todos aqueles que, como eu, é apaixonado por livros, não deixem de expressar seu amor por algo tão importante em nossa vida. Até a próxima. Com carinho, Lary

28 outubro 2013

Nostalgia

|| || Nenhum comentário:
Hoje parei para pensar em tudo o que já aconteceu comigo. Não desde quando nasci... Somente após eu iniciar o quinto ano do ensino fundamental. Tive que mudar de escola, fazer novas amizades... Foi nesse ano que conheci minha melhor amiga. E é tão maravilhosamente bom saber que ela ainda está comigo. Conheci muitas pessoas maravilhosas desde então. Por mais que o tempo passe (já passou bastante... Mais o tempo não para), eu nunca esquecerei todos os momentos que passei juntos com uma galera onde ninguém tinha a ver com o outro, onde eramos todos diferentes entre nós e, mesmo assim, o sentimento de camaradagem falava mais alto e estivemos sempre juntos, para proteger, dar bronca e se divertir.
Sempre fui bastante tímida e aprendi com essa galera a me expressar melhor. Ainda fico bem vermelha mais falo o que penso na hora que tenho que falar. Descobri que, por mais idiota que seja sua ação, alguém vai se identificar e vai poder te ajudar a mudar aquilo. Não consigo por em palavras tudo aquilo que senti naquela época e o que sinto agora.
O que mais me magoa, é que muitos desses amigos não vemos mais todos os dias, não combinamos mais de sair no final de semana para comer pizza, alguns nem mesmo sabemos para onde foram. O motivo de minha nostalgia é que encontrei algumas fotos dessa galerinha que compartilhou tanto da vida comigo. Olhando as fotos com um olhar de quem viveu tudo aquilo, muitas lembranças surgem, a saudade chega, você vê a mudança física dessas pessoas (o tempo fez bem para todos nós). Pois é. Eu sinto falta desses anjos que Deus colocou na minha vida. Aos que ficarão comigo o meu muito obrigada. Aos que eu não encontro a tempos, fica o recado: Obrigada por ter feito parte da minha vida e me ensinado tanto. Beijos e até a próxima. Com carinho, Lary.

P.S.: Post feito especialmente para a turma do Rachid Jabur que se formou em 2011.

26 outubro 2013

Top 5 - Capas lindas dos meus livros desejados no skoob

|| || 4 comentários:
Oi Amoras
O Top 5 de hoje é sobre capas de livros. Escolhi entre a infinidades de capas lindas que tem na minha estante do skoob (no skoob tem mais do que na vida real. Triste realidade) e selecionei cinco capas perfeitas. Eu sou muito visual e tal's e amo capas bonitas. Vamos a lista?

5-> Perdida, Carina Rissi. Eu amo capas que tem vestidos. Quanto mais espalhafatosos, melhor. E usar all star com vestido é muito a minha cara. Então esse tinha que estar no Top 5 ;) Fiquei com vontade de ler o livro por causa da capa.

4->  Tentação, Eve Berlin. Não é um vestido mas é um espartilho. Espartilhos são perfeitos *-* A serie toda tem capas lindas mas essa me encantou no momento em que eu vi.

3-> Travessia, Ally Condie. O segundo livro da trilogia Destino, tem uma capa maravilhosa em tons de azul. Adoro azul. Amei a capa de todos os livros mas essa tem uma cor que fica perfeita em capas.


2-> Desejo à meia-noite, Lisa Kleypas. Mais uma capa azul (perfeita) e com vestido (divo). Não sei se quero o livro ou o vestido que ela esta usando. Ficou a duvida agora hehe. Mas a capa sei que é perfeita de mais.




1-> A seleção, Kiera Cass. Que novidade! Outro vestido azul. As três capas dessa trilogia me chamam a atenção mas essa ganha. PER-FE-I-TA!



Bônus-> Luminoso, Alyson Noël. Essa saga, relata a pós vida de Riley Bloom, irmã mais nova de Ever Bloom, da saga Os Imortais. Ainda não tive oportunidade de ler a história da pequena Riley mas quero adquirir eles em breve. Todas as capas da saga são em tons pasteis e com uma ilustração bem delicada. São perfeitas e instigam a curiosidade. Lindas de mais.



Quais são as capas preferidas de vocês? Deixa aqui nos comentários pra eu poder me apaixonar por elas também *-* Beijão e até a próxima. Com carinho, Lary

25 outubro 2013

Resenha #11 - O diário de Zlata

|| || Nenhum comentário:

Informações

Título: O diário de Zlata
Autora: Zlata Filipovic
Ano: 1994
Nota: *** (3/5)
Status: Lido em Abril de 2013
Eu peguei ele na: Biblioteca municipal
Onde comprar?

Sinopse...

Zlata tem onze anos e vive em Sarajevo. Mantém um diário, no qual vai registrando seu cotidiano. Mas a guerra eclode na ex-Iugoslávia e irrompe no diário da menina. As preocupações do dia-a-dia desaparecem diante do medo, da raiva, da perplexidade. O universo de Zlata desmorona. "Domingo, 5 de abril de 1992Dear Mimmy,Estou tentando me concentrar nos deveres (um livro para ler), mas simplesmente não consigo. Alguma coisa está acontecendo na cidade. Ouvem-se tiros nas colinas. [...] Sente-se que alguma coisa vai acontecer, já está acontecendo, uma terrível desgraça.

Sobre a autora...

Zlata Filipovic nasceu em Sarajevo em 03 de dezembro de 1980. Durante sua infância, Zlata costumava ter aulas de piano e de coral, gostava de jogar tênis durante o verão e praticar esqui no inverno.

Opinião da Lary

Eu retirei esse livro na biblioteca logo após devolver O diário de Anne Frankie (que eu desisti de ler). A história relata a vida de Zlata, com ela mesmo contando tudo em seu diário. A guerra se inicia em Sarajevo e Zlata ve sua vida mudar de forma brusca, mas tentando sempre continuar com sua antiga vida normal que ela tanto amava. Eu gostei da história por ser um relato bem pessoal e do ponto de vista de uma garota bem nova. É emocionante, triste e, as vezes, bem divertido ler as anotações dela. O que atrapalhou a minha leitura, foi o fato de ter várias palavras desconhecidas para mim e por eu ainda estar decepcionada por não ter conseguido ler O diário de Anne Frankie. É uma leitura que recomendo bastante, sim. Principalmente para quem esta iniciando a vida de leitor agora ou gosta desse tipo de literatura. As palavras que não conheço, são palavras da língua mãe de Zlata, que eu não faço ideia a qual idioma pertence. Na minha opinião, é um livro que vale muito a pena ser lido. Você irá se apaixonar por Zlata, sua família e seus amigos.

Mais alguém aqui já leu esse livro? Pretende ler? Qual sua opinião sobre ele? Deixe um comentário aqui ;) Ele é muito importante para mim. Beijos. Com carinho, Lary


24 outubro 2013

Eu assisti - Um homem de sorte

|| || Nenhum comentário:

Ficha técnica do filme

Data de lançamento: 19 de abril de 2012
Direção: Robert Scott Hichs
Gênero: Romance, drama
Elenco: Zac Efron, Taylor Schilling, Blythe Danner, Jay R. Ferguson, Riley Thomas Stewart

A opinião da Lary sobre o filme...


 Mais um filme que saiu das páginas e foi para as telas. Amo o livro Um Homem de Sorte, do autor Nicholas Sparks(mas não fiz resenha ainda), e já fazia um certo tempo que eu queria ver o filme. Criei coragem e o assisti ontem. Bom, como geralmente acontece comigo, eu não imaginava os atores escolhidos como os personagens do livro (a atriz que chegou mais perto, na minha opinião, foi a Taylor) mas a história em si foi até que bastante fiel ao livro. A história é emocionante. É algo para pensar mesmo se você acreditaria em tudo o que lhe é contado se estivesse vivenciando a história (sem Spoiler).  Tá que ver o Zac Efron em ação é sempre muito bom então valeu um pouquinho a pena o Jason não ser como eu imaginava... Geralmente, os filmes baseados em livros do Nicholas Sparks são bem fieis aos livros, tirando que todo livro dele, hora ou outra vira filme hehe. Já estou com vontade de assistir o filme novamente. Além de tudo, tem uma trilha sonora perfeita!Parabéns ao Robert pela direção do filme. Aconselho a quem gostou do filme ler o livro, porque vai se apaixonar (ele está na minha lista de releituras) ainda mais pelas personagens e pela história contada.

Quem ai já leu o livro? Viu o filme? Qual sua opinião sobre os dois. Deixe seu recadinho ai nos comentários, ele é muito importante para mim. Beijos. Com carinho, Lary

Resenha #10 - Meu pé de laranja lima

|| || 2 comentários:

Informações

Título: Meu pé de laranja lima
Autor: José Mauro de Vasconcelos
Ano: 1968
Nota: ***** (5/5)
Status: Lido em Fevereiro
Eu peguei ele na: Biblioteca Municipal
Onde comprar?

Sinopse...

Retrata a história de um menino de seis anos chamado Zezé, que pertencia a uma família muito pobre e muito numerosa. Zezé tinha muitos irmãos, a sua mãe trabalhava numa fábrica, o pai estava desempregado, e como tal passavam por muitas dificuldades, pelo que eram as irmãs mais velhas que tomavam conta dos mais novos; por sua vez, Zezé tomava conta do seu irmãozinho mais novo, Luís.
Zezé era um rapazinho muito interessado pela vida, adorava saber e aprender coisas novas, novas palavras, palavras difíceis... que o seu tio lhe ensinava. Contudo, passava a vida a fazer traquinices pela rua, a pregar partidas aos outros e muitas vezes acabava por ser castigado e repreendido pelos pais ou pelos irmãos, que passavam a vida a dizer que era um mau menino, sempre a fazer maldades. Todos estes fatores e o fato de não passar muito tempo com a mãe, visto que esta trabalhava muito, faziam com que Zezé, muitas vezes, não encontrasse na família o carinho e a ternura que qualquer criança precisa.
Ao mudarem de casa, Zezé encontra no quintal da sua nova moradia um pequeno pé de laranja lima, inicialmente a idéia de ter uma árvore tão pequena não lhe agrada muito, mas à medida que este vai convivendo com a pequena árvore e ao desabafar com esta, repara que ela fala e que é capaz de conversar consigo, tornando-se assim o seu grande amigo e confidente, aquele que lhe dava todo o carinho que Zezé não recebia em casa da sua família.
Ao longo da história vão acontecendo vários episódios na vida deste menino, uns mais alegres, outros mais tristes, que nos transmitem uma grande lição de vida e do modo como agir perante diversas situações, pois apesar de ter apenas cinco anos, Zezé já tinha atitudes que qualquer criança comum nunca teria, fazendo-nos então pensar um pouco à cerca de nós mesmos e das nossas atitudes perante determinadas situações.

Sobre o autor...

José Mauro de Vasconcelos foi uma criança pobre que foi criado pelos seus tios, em Natal. Ingressou na faculdade de medicina mas abandonou no segundo ano, retornando ao Rio de Janeiro em busca de melhores oportunidades. Seu livro de estreia, foi publicado em 1942, quando, finalmente, estava se tornando um homem maduro.

Opinião da Lary

Sou totalmente suspeita para falar desse livro. Eu amo essa história e, a cada releitura, ele mexe ainda mais comigo. A história de Zezé me emociona e me leva para dentro da casa desse garotinho pobre que tem dois grandes amigos muito especiais. Até hoje, não consegui deixar de chorar lendo esse relato maravilhoso. José Mauro de Vasconcelos diz ser um retrato de sua própria infância. Então, José Mauro tem a história de vida mais emocionante que qualquer outra criança poderia vivenciar.
Desafio você a conhecer Zezé, o rei Luis, Portuga, Minguinho e todos os outros personagens e não se apaixonar por eles, não se envolver na história. Até hoje não li O Pequeno Príncipe mas creio que nenhum livro sobre crianças vai superar a leitura de Meu pé de laranja lima. É um livro que recomendo a todos, especialmente a pessoas que querem uma leitura leve, emocionante, apaixonante e que você vai querer ler e reler por toda sua vida.

E ai? Mais alguém já leu essa obra de arte perfeita? Se já leu, qual foi sua opinião sobre o livro? Não leu? Tem vontade de ler? Deixe sua opinião aqui, ela é muito importante para mim. Beijo grande. Com carinho, Lary

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo