23 março 2011

Melancolia (parte 2)

|| || 2 comentários:
 Em um dia ouvi a seguinte frase: "Se homem é tudo igual, porque a gente procura tanto?"
Ao ouvi-la, comecei a refletir e cheguei a conclusão de que escolhemos tanto porque existe a pessoa certa para cada um e nós, mulheres, sabemos diferenciar melhor o certo do errado e, por mais que os homens sejam parecidos, todos tem uma pequenina diferença que interfere em nossas escolhas.
A vida nos passa muitas rasteiras, mas temos que levantar e seguir em frente. As vezes, nem me eu entendo porque escolho tanto. A unica coisa que eu queria era ser feliz com alguém que me ame de verdade, acordar de madrugada e saber que posso ligar pra alguém e que essa pessoa não irá reclamar pois ficaria feliz em ouvir minha voz...
Saber que posso confiar em alguém, saber que existe alguém nesse mundo que me ama de verdade, que nunca mentiria pra mim. Poder beijar e abraçar essa pessoa quando me sentir abandonada. As vezes acho que já encontrei essa pessoa mas ela já me decepcionou tanto que nem sei mais o que pensar, só sei que ele é perfeito para mim. Ele é meu refugio, foi ele que me ouviu quando não tinha ninguém por perto, foi ele que me esquentou quando eu estava com frio, ele que me abraçou quando me senti sozinha, foi sua voz que eu ouvi quando o mundo se calou, foi VOCÊ que me fez feliz, foi VOCÊ que não consigo tirar da cabeça.
É você que eu amo, é você que eu escolhi para ficar do meu lado
EUTEAMO


P.S.: Esse é mais um texto tirado da cabecinha da minha irmã. Ela está passando por uma faze complicada né? Mandem sugestões para ela do que fazer... Desde já quero agradecer.

16 março 2011

Algo sobre o que eu estou sentindo

|| || 2 comentários:
A vida resolveu me devolver um pouco de tudo o que ela me tirou sem dó nem piedade. De repente, se tornou mais fácil viver, mais leve levar a vida adiante sem precisar de bóia salva-vidas. As pessoas agora parecem julgar menos e acolher e entender melhor.
O amor resolveu voltar para minha vida e eu estava de braços abertos para acolhe-lo. A felicidade está voltando de mansinho, chegando de forma sutil, porque percebeu que se chegar de maneira brusca vai me deixar sem saber o que fazer. Ele também está preparando o meu coração para aceitar alguém em minha vida, por que o coração foi mutilado de mais e não aguenta mais uma decepção.
As amizades verdadeiras foram sendo reveladas a partir do momento em que eu estava querendo deixar de viver. Quando eu não vi mais sentido em lutar, eles me deram um motivo para continua vivendo.
Estou me sentindo acolhida, amada. Tenho vontade de abraçar a vida e beija-la nas faces. A vida que tanto me ensinou por meio da dor, agora me recompensa com amor. As vezes tenho medo da vida me tirar mais ainda. Tirar o que me deu agora e tirar as boas lembranças do que eu já vivi. Tudo o que eu peço da vida é o direito de viver ao lado das pessoas que eu amo e poder ter a chance de ser plena mente feliz. Como qualquer outra pessoa comum, tenho momentos felizes e momentos tristes. Quero que a vida me mostre que ela é muito mais do que dor e sofrimento...


P.S.: Desculpe-me o texto meio sem sentido. Era o que eu estava sentindo e escrever é minha forma de desabafar.
P.S.²: Para todos aqueles que acompanharam meu texto me minha frase depressiva e estavam torcendo por mim, meu muito obrigada e quero que saibam que estou voltando a ser feliz...

12 março 2011

Melancolia

|| || 6 comentários:
É tão difícil ter que dizer adeus porque sabemos que nunca mais iremos ver a pessoa querida. Essa palavra - adeus - nos deixa com saudades e faz com que lembremos de momentos que não voltarão jamais. Sentimos o coração apertar e queremos voltar no tempo para poder mudar algo e tentar evitar o inevitável.
O tempo é algo que nunca podemos voltar atrás. E temos que seguir em frente por mais difícil que isso seja.
Queria poder dizer NEM LIGO por você não estar aqui. Queria dizer que não sinto sua falta. Queria poder dizer que já te esqueci. Mas não posso! Porque eu estaria mentindo pra ti...
Não queria que você tivesse me deixado mas tem certas coisas que são... inevitáveis. Tudo aconteceu tão rápido que não estou conseguindo acompanhar. Não tenho certeza de mais nada.
Só posso te dizer uma coisa da qual eu tenho certeza: Eu te amo e pra sempre te amarei. Chegou a hora de dizer adeus, não é fácil fazer isso mas não tenho escolha. Você se foi e não há nada que possa ser feito pra que você volte...
P.S.: Eu te amo.


P.S.: A postagem acima foi feita pela minha irmã. Ela estava meio deprê e resolveu escrever (milagre na minha opinião, porque ela odeia escrever) e até que deu pra aproveitar o texto né?
P.S.²: Sempre que ela estiver assim, vou dar um jeito de dar caneta e papel pra ela, quem sabe não temos mais postagens boas?
P.S.³: Tem mais selos pra quem segue aqui. http://vidasempretoebranco.blogspot.com/p/selos.html. Pega lá ;)

07 março 2011

Comme je l'ai regarder la nuit que tombe

|| || 6 comentários:
Debruçada no parapeito da janela observando o céu agora tingido de rosa e laranja, eu começo a pensar em você instintivamente e não consigo acreditar em minha sorte. Eu tenho uma família que me ama, amigos sinceros e tenho uma pessoa que me ama a meu lado e que me faz muito feliz.
A noite finalmente cai e eu fico a observa-lá. A lua a brilhar lá no céu, as estrelas a pontilhar o céu negro. É tudo tão intenso, tão profundo, tão misterioso, tão acolhedor. Penso em você e como seria bom se você estivesse aqui, abraçado comigo. Dias de frio não foram feitos para se passar sozinho.
Eu quero compartilhar com todos o meu estado de espírito e resisto ao impulso de gritar pela janela o quanto eu te amo. Espero que seja sempre assim...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo