14 outubro 2013

Resenha #07 - A menina que roubava livros

|| ||


Informações
Título: A menina que roubava livros
Título original: The book Thief
Autor: Markus Zusak
Tradução: Vera Ribeiro
Ano: 2006
Nota: ***** (5/5)
Status: Lido em Janeiro
Eu peguei o livro na: Minha prateleira
Onde comprar?

Na contra capa...

Quando a morte conta uma história, você deve parar para ler.


Sobre o autor...

Markus Frank Zusak  (Sydney, 23 de junho de 1975) é um escritor australiano. O mais novo de quatro filhos de um austríaco com uma alemã, Markus cresceu ouvindo histórias a respeito da Alemanha Nazista, sobre o bombardeio de Munique e sobre judeus marchando pela pequena cidade alemã de sua mãe. Ele sempre soube que era uma história que ele queria contar.
Aos 30 anos, Zusak já se firmou como um dos mais inovadores e poéticos romancistas dos dias de hoje. Markus Zusak vive em Sydney com sua esposa e com sua filha. Gosta de surfar e assistir filmes em seu tempo livre.

Opinião da Lary

Não sei nem o que falar de um livro tão maravilhosamente perfeito como esse. Primeiro vou contar uma historinha. Eu sempre quis ler esse livro. Li ele pela primeira vez em 2008 quando eu estava na oitava serie do ensino fundamental. Peguei emprestado da biblioteca da escola. Apaixonei pela história instantaneamente (confesso que me apaixonei pela dona Morte) e me transportei para a Alemanha Nazista com uma força tão grande que era quase impossível que eu voltasse para a realidade. Em 2012, quando eu estava no segundo ano do colegial, o governo do Estado de São Paulo (não gosto de política nem nada do gênero, só estou dando os devidos créditos) enviou, pelo segundo ano, um kit contendo três livros: um de poema, um de contos e um de literatura. Cada série ganhava um kit diferente. A turma do primeiro ano do colegial ganhou A menina que roubava livros. Eu conhecia várias dessas pessoas e sabia quais não gostavam de ler. Pedi pra todos os que eu conhecia. No fim, eu e minha melhor amiga ganhamos dez livros iguais. Cada uma pegou um e doamos o restante. Desde então, acho que leio e releio esse livro todos os anos. Não tem como não se apaixonar pela descoberta de Liesel sobre a palavra escrita e o amor que ela vai nutrindo por cada uma dessas palavras, tanto as que ela encontra em seus livros roubados, tanto as desenhadas no porão, quanto as escritas por um judeu fugitivo. A narrativa da Morte é algo que encanta ainda mais. Confesso, também, que me deu vontade de sair por ai "encontrando" livros e adota-los. Hiper recomendo esse livro a todos, principalmente para quem está iniciando a vida de leitor, para quem gosta de história e para quem gosta de aventuras.
Trecho que mais gostei: -Uma ultima nota de sua narradora- Os seres humanos me assombram.

Mais alguém já leu esse "novo clássico"? O que achou? Até a próxima. Com carinho, Lary.

6 comentários:

  1. Todo mundo fala desse livro, fico louca pra ler, mas como são tantos ainda não comprei. :(
    AMEI a resenha, ja estou te seguindo aqui no blog, beijos.

    BLOG: NAHBOA?!
    FANPAGE: NAHBOA?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Nathalia.
      Não entendi a parte do: são tantos. Esse levri não possui continuação e é uma leitura fascinante.
      Obrigada pelos elogios

      Excluir
  2. Sinto ódio de mim mesmo toda vez que vejo ou ouço alguém falando sobre esse livro!
    Eu tenho ele há anos! Mas não consegui prosseguir além das primeiras páginas..
    Ano que vem sai o filme e eu ainda não li. Vou colocá-lo em 2º lugar na minha "listinha" de leitura.
    Acabei Jogos Vorazes domingo e estou esperando chegar um outro pelos correios. Assim que terminar o que vai chegar, PROMETO que vou ler "A menina que roubava livros", ok?!

    Correção: A frase do Verso é: "Quando a morte conta uma história você deve parar PARA LER".

    Bjim =*

    gotadenanquim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Douglas. Eu me distrai e errei a frase... Vou arrumar.
      Leia sim. Já li e reli esse livro inúmeras vezes e recomendo pra todo mundo. Vale muito a pena visitar a Alemnaha Nazista tendo o ponto de vista da Morte.

      Beijos

      Excluir
  3. Amo esse livro, a história é encantadora!
    http://thamirisdondossola.blogspot.com.br/
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma história realmente muito linda.
      Beijo e obrigada pela visita

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos as quartas e ao domingos.
♥ Para deixar seu link, use esse exemplo Nome do seu blog
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo