05 julho 2017

Resenha #105 - O pequeno príncipe

|| ||

Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança. Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Frei Betto e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor.
Eu sempre digo que tem livros que são particularmente difíceis de resenhar e esse é um deles. Como conseguir resenhar um livro tão simples, tão singular, tão delicado? Vamos tentar. 
"Todas as pessoas grandes foram, um dia, crianças. (Mas poucas delas se lembram)." Pág. 5
A história do Pequeno Príncipe não é do tipo contada para ninguém. É contada para um piloto de avião que caiu. O Pequeno príncipe conta pra ele coisas sobre o mundo do qual ele veio e de outros mundos que ele visitou antes de chegar a Terra. E ele conta com delicadeza, com paixão, com sentimentos. 
"Se tendo descrevê-lo aqui, é porque não quero esquecê-lo. É triste esquecer um amigo." Pág. 18
Mas quem conta essa história para a gente é o próprio piloto. E ele começa contando sobre sua infância, que é uma parte muito delicada e linda do livro e de sua vida.
É impossível você não se sentir ao menos um pouco tocado pela história do nosso príncipe que tudo o que tem é uma rosa e muito a ensinar. 
"Se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo..." Pág. 66
Eu comecei a olhar para crianças, em especial para meu filho, de forma diferente após ler esse livro. Eu me senti realmente tocada por esse livro.
Eu indico o livro para pessoas de todas as idades, de todas as raças e credos. Eu lerei para o Miguel e relerei sozinha e com ele muitas vezes. 
As ilustrações são lindas e o livro é um compilado de frases lindas. Vale muito anotar muitas frases fofas.

Ficha Técnica...

Título: O pequeno príncipe
Título original: Le Petit Prince
Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Editora Escala
96 páginas
Ano 2015
Nota: 5
Nota no Skoob: 4.5

Quote selecionada para o projeto Poteando Quotes






Lary Zorzenone

Meus marca páginas de O pequeno príncipe


Concluindo: Um livro singular, delicado, pra ficar na cabeceira, pra reler sempre, pra encantar os corações. Um livro sem igual.


Compre o livro

6 comentários:

  1. Eu penso o mesmo que você!
    O livro é tão maravilhoso.
    Melhor com a narrativa simples, mas é singular! É um clássico que todos deveriam ler <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu voltarei a ler ele frequentemente, disso tenho certeza.

      Excluir
  2. Eu adorei ler este livro! Já o li várias vezes, em diversas fases da vida e acabo sempre chorando! Muito lindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que ele é o tipo de livro pra ler, reler e ler mais uma vez.

      Excluir
  3. Nossa, esse livro é realmente viajante! Aos 12 anos participei de uma peça com o nome do livro e lembro que tivemos que devorar ele todo. "Tu serás eternamente responsável por aquilo que cativas" essa foi a frase que marcou.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que essa é a frase mais marcante do livro todo, se não uma das mais.

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos, normalmente nas quartas e domingos;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo