27 novembro 2017

Vamos falar sobre She's Gotta Have It

|| ||
Vamos falar de uma série da Netflix boa de mais, com aquela pegada feminista que a gente ama, atuações incríveis, personagens bem trabalhados e uma trilha sonora magnífica. 
Nola Darling é uma mulher linda, forte, independente, negra e artista. Nola tem três amantes, todos bem diferentes. E ela tem diversas regras que diz respeito a esses homens na vida dela. Uma delas é não se apegar. 


Porque eu achei a série incrível?

O primeiro motivo é a Nola. Ela é maravilhosa. Uma mulher empoderada, com vontade de viver, artista e que não tem medo ou vergonha de sua sexualidade. Acho maravilhoso quando encontro personagens assim. Porque, tipo, sempre tem o cara que pega várias, mas dificilmente tem a mulher que sabe que monogamia não é pra ela.
Logo no primeiro episódio, rola uma discussão bem legal sobre direito das mulheres e tals, porque a Nola é atacada a noite por um cara, quando volta pra sua casa. A partir desse ponto, rola uma discussão de pessoas pondo a culpa na sua roupa, no horário que ela saiu e cosias assim. Ai, devido a isso, ela cria uma campanha muito linda intitulada "My name isn't", campanha essa divulgada nas ruas e vandalizada.
Como podem perceber, é uma série forte, com temas fortes. Ela é baseada em um filme com mesmo nome. Já adicionei o filme a minha lista e pretendo ver em breve. Ai, se quiserem, posso fazer uma comparação entre série e filme.
Os homens da Nola são tão diferentes entre si. Todas encantadores, todos diferentes. O Mars é meu favorito. Sempre. Embora Greer também não seja uma má escolha. Ah! Fica aqui o recado que ela é bissexual, então em certo momento ela vai ficar com uma garota também.



A série possui 10 episódios com cerca de 30 minutos cada, então rapidinho dá pra ver tudo. Todos estão disponíveis na Netflix (amiga, patrocina nóis). Eu espero que criem mais histórias da Nola, porque eu assistirei tudo que tiver. Empoderadora.
Recomendo muito a série, principalmente se você sente que precisamos de mais séries e filmes feministas. Se já viu, deixa sua opinião aqui e se quiser indicar filmes e séries com essa mesma pegada, tô aceitando.
Esperam que tenham gostado. Foi um post curtinho, só pra indicar essa série incrível mesmo. Eu terminei ela e fiquei com ela na cabeça e senti que seria bom falar sobre ela aqui. Fiquei um bom tempo sem falar sobre filmes e séries. Sou meio assim, né?
Falando nisso, pode ser que o blog fiquei bagunçado um pouco esse final de ano. Estou trabalhando (mais ou menos) e ai acaba que fico com menos tempo disponível. Não vou abandonar o blog, jamais, mas pode ser que alguns posts fiquem em falta.
Um beijo grande a todos e até a próxima.

8 comentários:

  1. A série parece sem bem tensa, tem um desenrolar bem interessante.
    Agradecemos pelo comentário no nosso blog. Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, não conhecia! Não sei se saberia lidar com a intensidade da série hahhaa.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é intensa sem ficar pesada, linda.
      Beijos

      Excluir
  3. Olá! Não conhecia, mas gostei bastante do seu post e me parece uma série incrível! Já quero assistir! Valeu pela dica!

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acredito que a série pode te conquistar tanto quanto me conquistou, assista ela com a cabeça aberta.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Lary! Caramba estou me perguntando o motivo de não ter conhecido essa série antes! Se não fosse por vc acho que passaria batido! Adorei, já quero!

    bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe aquela série que fica lá na Netflix, de boas, só esperando alguém achar ela? Foi essa série. Eu vi ela num blog onde a guria indicava séries que chegavam na Netflix em novembro. Quando eu li o post, a série nem tava disponível ainda, mas eu coloquei um aviso pra mim que dia 23 ela estreava. Eu gostei por causa do nome, sabe? Melhor série.

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Se deixar o seu link clicável, eu vou retribuir seu comentário, pode ter certeza, da mesma forma que não deixar o link pode resultar em falta de retribuição;
♥ Se o seu comentário for: Adorei seu blog. Retribui? A resposta é NÃO;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível.
♥ Para saber o que respondi, ative a caixa de notificações de próximos comentários.
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos de brigadeiro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo