11 fevereiro 2015

Resenha #40 - Enviada

|| ||

Livro cedido para resenha em parceria com o autor.

Enviada conta a história de Ângela, uma adolescente que vive na Europa com os pais. Super protegida pela mãe, Ângela vive presa dentro de sua própria casa, mas isso não a impede de se apaixonar e manter um romance com o primo de sua melhor amiga. Em uma comemoração de ano novo, Ângela presencia o assassinato de seu amado, porém algo a confunde, já que todas as outras pessoas acreditam que o que houve para que Frederick morresse fosse um acidente de carro. Após esse episódio, Ângela recebe uma visitante bastante misteriosa, Loreta, que conta a protagonista que, na verdade, ela é a Enviada, a filha do Criador, que está na Terra com a missão de ajudar os anjos a exterminar os demônios que persuadem os humanos para o mal.

Logo após essa visita, Ângela se muda com os pais para o Rio de Janeiro. Em sua nova escola, Ângela conhece Dimitri, um garoto bondoso e tímido. Logo eles se tornam grandes amigos. Como não poderia deixar de ser, chega a escola um garoto misterioso, Gustav, que logo chama a atenção de todas as garotas da escola, inclusive de Ângela. Com o tempo, Ângela passa a ter sonhos preenchidos por Dimitri e Gustav, onde os dois discutem e brigam, com Dimitri sendo chamado de anjo estupido e Gustav de demônio. Quando Ângela revela sua descoberta, ambos tentam persuadi-la a escolher a si.

A opinião da Lary sobre o livro...


Era de se esperar que a filha do Criador fosse um pouco mais esperta e menos chata. Ângela é uma personagem imatura que parece estar mais interessada em estar com qualquer um do que ficar sozinha. Ela fica vagando entre estar com um e estar com o outro, mesmo sabendo que foi enviada para matar Gustav e esse para mata-la.
Se não fosse o bastante, Ângela começa a pensar na possibilidade de pedir a seu Pai que a transforme em anjo, para que assim ela possa ficar eternamente com Gustav. Na real, me deu muita raiva dela durante toda a narrativa. Tinha vontade de dar uns tapas na cara dela e leva-la pra uma Igreja, pra ela orar pedindo perdão por querer ficar com um demônio (sem querer ser muito religiosa e nem nada, mas eu tenho certeza que se eu descobrisse que o garoto por quem sou apaixonada é um demônio, eu correria como se não houvesse amanhã).
Eu esperava uma história sobre anjos caídos, não foi o que encontrei. Tirando a lenga lenga da Ângela, a história é bem bacana. As histórias contadas por Gustav e Dimitri são bastante envolventes. Acho que o autor poderia ter explorado mais o fato deles serem anjos e demônios para contar mais coisas sobre esses universos. O livro terminou com a forte demonstração de que terá continuação, o que acredito que seja verdade. Espero que nos próximos livros Ângela esteja mais madura e mais ciente das consequências de seus atos.
A edição que tenho é da Chiado Editora, mas hoje o livro é publicado pela Selo Jovem. Eu encontrei alguns trechos de difícil compreensão, onde tinha que voltar e reler um parágrafo ou até mais. Espero que nas novas edições esses erros sejam corrigidos. Sei que meu comentário a seguir pode parecer chatice para alguns, mas eu gostaria de citar algo que me incomodou um pouco na leitura. Digamos apenas que gosto de histórias com concordância. Eu sei que temos na cabeça a imagem pregada por Hollywood de colégios com aulas de química em laboratórios, com estacionamentos para alunos (que lá tiram a carteira de motorista aos 16) e outras coisinhas assim, mas aqui no Brasil não é assim. Se você está narrando uma história que se passe no Brasil, vamos ser coerentes com a realidade do país.

Pra ficar com vontade...

"_Bom, eu vou deixar essa coisa de Anjos, Enviada, Magos Negros e Demônios para o 007."Ângela, página 36 

Fichá técnica...

Título: Enviada
Autor: Sérgio Pereira
Editora: Chiado Editora/Editora Selo Jovem
230 páginas
No Skoob
Nota: *** (3/5)
Nota no Skoob: 4.2 (dia 11/02)

Para concluir, a história é bacana apesar dos pesares e adoraria poder ler sua continuação, mesmo se tratando de um triângulo amoroso e isso já ter bastado pra mim. Pra quem gosta da temática “anjos”, é uma boa pedida.

E você? Já leu esse livro? O que achou? O que indica para quem gosta de livros com essa temática? Deixe sua resposta aqui nos comentários, vou adorar ler e sempre respondo tudo. Um grande beijo.

32 comentários:

  1. Oi Lary, ainda não conhecia o livro e amei a sua verdade durante a resenha. De todos os seres fantásticos, os anjos são os que menos me agradam, mas ainda assim, daria uma oportunidade ao livro.
    Bjim!
    Tammy
    LivreandoFacebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já adoro histórias sobre anjos, Tammy. Sou sincera sempre em minhas resenhas. Claro que tento medir um pouco as palavras para não acabar ofendendo, mas sinceridade acima de tudo.
      Beijos

      Excluir
  2. É muito chato não gostar de um livro brasileiro né? Toda vez que eu vou ler eu torço pra ser maravilhoso e ter mil elogios sobre ele, porque a comunidade de escritores brasileiros merecem. No começo da resenha a trama da obra me interessou mas no final já tinha desistido de pensar em ler. haha

    Beijos. Tudo Tem Refrão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar das coisinhas que me incomodaram e eu citei, a leitura foi bem gostosa, Ágata. Nada é perfeito. Dê uma chance a ele e tire suas próprias conclusões.
      Beijos

      Excluir
  3. Oii...
    Não conhecia esse livro, achei interessante, gosto de livros de autores brasileiros, gosto de prestigiar a nossa literatura!
    Beijinhos ;**
    Leitora Online

    Instagram | Twitter | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que a literatura nacional merece destaque, visto que temos ótimos autores e essa nova leva está me surpreendendo ;)
      Beijos

      Excluir
  4. Não conheço o livro, mas pela sua resenha, tem-se a conclusão que trata-se da primeira obra de um autor que pode vir a melhorar e muito e que infelizmente, acabou desperdiçando o que talvez fosse uma ótima história com um triângulo amoroso, sem desenvolver a história por completo.
    Contudo, anjos e demônios é uma temática ótima. Li um livro (ainda falta resenhar) que possui a mesma temática, só que no lugar do romance, coloca-se terror (ou horror, não sei distinguir qual no momento) e pimba, tem uma boa história.
    Se algum dia eu tiver oportunidade de lê-lo, com certeza o farei (como você disse em um comentário: a literatura nacional merece destaque).

    Até mais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nath.
      É mesmo o primeiro livro do autor e tenho certeza que a escrita dele vai evoluir muito ainda. Mesmo quando um livro não me agrada 100%, eu indico a leitura dele, pois acredito que existem vários tipos de leitores. Sou apaixonada por histórias de anjos *-*
      Até

      Excluir
  5. Oi linda <3
    Não conhecia ainda esse livro,e nem o autor,mas gostei muito de conhecer.
    Realmente eu super concordo com o que você disse,já que história se passa aqui no Brasil tinha que retratar como são as coisas aqui,mas fora isso parece uma história muito boa.Fora a parte do triângulo amoroso.
    A capa esta de parabéns,por ser uma capa incrivelmente linda.
    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erika *-*
      A capa é linda mesmo. Pessoalmente é ainda mais. Se tiver a chance de lê-lo, leia. Vale a pena, apesar dos pesares.
      Beijos

      Excluir
  6. Lary linda... Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, espero em breve poder dar minha opinião, mas de ante mão adorei a sua sinceridade em relação a está leitura.

    Beijos e até mais.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/02/yoko-ono-e-john-lennon-ineditos.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida
      Se tiver a oportunidade, leia-o. Cada um pode tirar uma conclusão diferente. Eu busco sempre ser sincera ao passar minhas opiniões aqui, pois sei que mesmo não tendo muitos leitores, todos vocês confiam no que digo.
      Beijos

      Excluir
  7. Gostei da sua resenha, achei bem sincera! E educada ao mesmo tempo!
    Parabéns!

    http://www.livrologias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um processo, Camila, mas hoje consigo me expressar melhor hehe.
      Obrigada

      Excluir
  8. Eu também tenho um problema com alguns livros nacionais pois alguns não conseguem adequar a história ao país mas quem sabe, eu de uma chance ao livro!

    http://criativosounao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que essa inadequação foi o que mais me "irritou", Thales, poque a estória em si ´´e muito boa. Dê uma chance a ele sim.

      Excluir
  9. Concordo com relação a descrição ser de acordo com o país, se não fica muito deslocado e confuso ^^

    http://minha-fuga-da-realidade13.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma das únicas coisas que me incomodou, Andressa. Fora isso, a estória é muito bacana, apesar de não ter gostado muito da Ângela.

      Excluir
  10. Olá!
    Já conhecia o livro, mas essa foi a primeira resenha que li!
    Não sei se leria. Apesar de me parecer uma história interessante ~e eu adoro anjos ♥~ não me senti atraída :/
    É difícil uma protagonista me agradar rs E pelo que você comentou também odiaria Ângela!

    Beeeeeeeijos
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana
      Eu gostei da estória, só encontrei alguns errinhos que me deixaram um pouco incomodada. Não é todo protagonista que me agrada também, mas a Ângela superou.
      Beijos

      Excluir
  11. Não conhecia o livro, mas essa coisa de anjo me interessa muito!
    Adorei a resenha!
    Seguindo o blog. Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também curto muito anjos Markus (adorei seu nome <3)
      Obrigada por seguir. Beijos

      Excluir
  12. Oi Lary!

    Ta aí duas coisas que não curto muito: histórias de anjo e triângulos amorosos hahahaha Então, provavelmente, eu pularia a leitura do livro :(

    www.carolice.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol
      Triângulos amorosos já ficou meio saturado, pelo menos pra mim, mas adoro histórias de anjos. Uma pena que a temática não lhe agrade...

      Excluir
  13. Oi Lary, como você está? :)

    Já tinha visto uma resenha dee liro em outro blog e tinha ficado curiosa, mas admito que a sua me deixou com um pé atrás; a mocinha é muito importante nas minhas leituras, se não gostar dela, a leitura fica dificil demais!
    A temática de anjos sempre me deixa interessada, ainda mais depois de HUsh, Hush (já leu Lary? :) que é com certeza uma das minhas séries favoritas :)

    Ah, triangulos amorosos já deram rpa mim também, ams de vez em quando aidna caio na armadilha! kkk'

    Beijos! ;*
    ||Letras Eternas||

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Day. Estou bem, obrigada.
      Confesso que não é muito fácil a mocinha me agradar, então não gostar dela não interferiu tanto no que diz respeito a gostar ou não do livro. Ainda não li Hush Hush, mas todos dizem que é muito bom. Quem sabe um dia não tenho a chance de lê-lo?
      Quem nunca cai na armadilha dos triângulos amorosos? kkkk Vez ou outra até que eles ficam bacanas.
      Beijos

      Excluir
  14. Olá,
    Olha, eu confesso que estou meio saturada de anjos, mas o que me fez desistir mesmo foi saber que a história é ambientada por aqui, mas tem esse clima Hollywoodiano, ODEIO quando isso acontece, é um saco e eu acabo pegando birra do livro!
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não curti muito isso no livro, Inês. como eu disse, pra mim tem que ter concordância. Eu ainda não me saturei de anjos, acho até que tem muito espaço pra eles ainda ;)
      Beijos

      Excluir
  15. Oi Lary
    Eu não li o livro, mas achei a capa bem bonita. Eu fujo um pouco de histórias com adolescentes bobas que tem que salvar o mundo, isso me irrita profundamente (algo como Hush Hush), pois tenho uma filha adolescente e sei o quanto ainda são imaturas (por isso até compreendo um pouco a Ângela). Gostei demais da resenha, bem esclarecedora.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi
      Essa capa é mesmo linda. Os detalhes ficaram perfeitos. O meu problema não é com adolescentes precisando salvar o mundo, é com adolescentes que tem medo de ficar sozinha.
      Abraço apertado

      Excluir
  16. Nunca li esse livro,
    Vou procurar por aqui rs
    http://minhadoceangelita.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procura sim. A estória em si é bem bacana ;)

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos, normalmente nas quartas e domingos;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo