15 dezembro 2014

Diário de gravidez + #PapoDeAmiga - Vou ser mãe. E agora?

|| ||

Já vou avisando que serei muito sincera nesse post e poderá conter algo que magoe algumas pessoas mais sensíveis, mas gostaria de deixar claro que são opiniões puramente minhas e que tudo o que será escrito aqui é pensando no bem maior.
Se você tem menos de 18 anos e ainda por cima é solteira e está lendo esse post por estar grávida, eu gostaria muito de poder dar uns tapas na sua cara, embora te deseje tudo de bom. Me desculpe sociedade, mas eu sou antiquada pra isso mesmo. Sempre acreditei que a maternidade é uma benção, porém você tem que estar preparada pra isso.  (Falarei mais sobre isso em um post específico sobre gravidez na adolescência.) É um passo muito grande na vida de qualquer pessoa. Por mais centrada que uma garota seja, ela não está preparada para ser mãe tão jovem, não nos dias de hoje.
Enfim, vamos voltar ao foco. A gravidez é um momento mágico na vida de qualquer mulher. Sou do tipo de pessoa que defende a total liberdade de escolha. Não é porque você é mulher e fértil que tem que resolver ter filhos. Eu tive uma época na minha vida onde poderia jurar de pé junto que jamais seria mãe, mas com o tempo fui percebendo que não estaria completa se não o fizesse. Foi uma escolha minha. Minha gravidez não foi planejada, mas foi sempre muito desejada. Se você quer ser mãe, tenha consciência de que quando isso ocorrer toda a sua vida será transformada.

Se você está lendo porque será papai, primeiro gostaria de parabeniza-lo. Sei que essa fase é bem diferente para os futuros papais do que é para a futura mamãe, que é quem sente tudo. As transformações do corpo, a enxurrada de hormônios, os primeiros movimentos do bebê e muito mais. Se eu tivesse que dar alguns conselhos para os papais seria: tente entender sua mulher, saiba que nem tudo o que ela te dirá será por querer, a maioria é culpa dos hormônios. Seja presente. Faça perguntas sobre como ela está se sentindo, como o bebê está se comportando. É muito importante para nós sabermos que vocês se importam, afinal não fizemos o bebê sozinhas. Tudo o que queremos é saber que vocês estão tão feliz quanto a gente.
Logo que vemos o resultado positivo, seja no palitinho ou no papel do exame de sangue, já começamos a imaginar mil coisas. Eu, no momento que descobri, fiquei super feliz, mas também mega nervosa. Comecei a chorai compulsivamente. Depois que passa o nervosismo inicial, começamos a nos preocupar com o bebê. Ele está se desenvolvendo direitinho? Já estamos em qual semana de gestação? É menino ou menina (ainda estou com essa dúvida. Meu bebê é tímido)? Onde faço o pré-natal? Tenho que tomar vitamina? Quais são os melhores alimentos pra essa fase? Vou engordar muito? Quanto é recomendável ganhar de peso? Vou ficar muito enjoada? Nossa cabeça começa a fervilhar com questões desse tipo. Uma dica muito importante é que cada gravidez é diferente. Tem mulher que fica muito enjoada, tem outras que tem vontade de comer coisas estranhas. E é assim com os bebês também. Cada um se desenvolve no seu ritmo, mesmo dentro do útero. O principal é tentar ficar calma (tentar, sim, porque é uma tarefa bastante complicada kkkkk) e aproveitar cada momento mágico desses nove meses.

Mas, Lary, eu sempre quis ser mãe, mas agora estou tão nervosa. Relaxa! Isso é completamente normal. Por mais que seja uma gravidez planejada e tudo o mais, é uma nova fase e tudo o que é novo assusta mesmo. Uma coisa que me ajudou bastante foi o apoio do meu noivo/marido, da família e dos amigos. Outra coisa que ajuda bastante é pensar: tenho 9 meses para me acostumar com a ideia de ser mãe. Querendo ou não, a maternidade nos transforma. Seu corpo não será mais o mesmo (ou será. Depende do seu organismo), suas noites de sono não serão mais as mesmas, sua rotina será mudada. Isso é fato! Com o passar dos meses essas coisinhas nem irão te incomodar mais. A única coisa que vai te importar é seu bebê (pelo menos é assim que funciona comigo).
Pois é, Amoras, a gravidez é capaz de mudar toda uma vida. Mesmo que não esteja grávida agora, se você planeja ser mãe futuramente, saiba que é um momento mágico. Você vai ver sua barriga ficando enorme e vai se sentir tão feliz como nunca se sentiu em toda sua vida. O bebê vai se chutar e você irá horar de emoção. É assim mesmo. Aproveite tudo o que isso te proporcionará.

Caiu aqui por acaso? Ou estava procurando algo sobre gravidez porque está vivendo esse momento? Já é mãe? Conte sua experiência pra mim aqui nos comentários, vou adorar ler tudo. Se quiserem mais post desse tipo também, avisem aqui que eu farei mais. Um beijo e até a próxima. Com carinho, Lary Zorzenone.

22 comentários:

  1. Caí aqui por acaso, mas gostei do seu ponto de vista e confesso que me incomodo muito em como as pessoas engravidam jovens, já passei dos 18 e nem penso ainda nisso e faço de tudo para que isso não ocorra haha

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem que ter muito cuidado mesmo. Eu, mesmo tomando pílula, fui premiada com um anjinho. Claro que é uma benção, mas não estava nos planos pra agora.

      Excluir
  2. Confesso que mesmo tendo 22 anos, não me imagino sendo mãe. Se eu pudesse escolher não optaria por ser mãe. Bem sou filha adotiva e morro de medo que eu tenha que ter que cuidar de uma vida dentro de mim e depois eu nunca mais a veja. Já me disseram assim, não pensa desse jeito que isso não vai acontecer nuca. Mas como não pode acontecer se isso já aconteceu comigo!?
    Mas como o futuro ão esta 100% em nossa mãos e se vier um dia um filho será amado. Porém enquanto eu puder evitar isso, farei o possível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu disse no post Helaine, ser mãe é, antes de tudo, uma escolha. Se sua escolha é não ser mãe, que bom para você. Se isso mudar futuramente, ótimo também. Temos que dar tempo ao tempo e deixar as coisas acontecerem.

      Excluir
  3. não pretendo ser mãe agora, mas amei o post
    http://www.eimeconta.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então se previna e tome muito cuidado. Pra acontecer, basta um deslise.

      Excluir
  4. Não é algo que as vezes vc não pretende ser no momento e por acaso do destino vc pode ser quando menos esperar ou se descuidar. EU mesmo não me imagino e sei que tenho que ter muita cautela pra isso não acontecer agora pois ainda não me sinto preparada emocionalmente e nem materialmente. Admiro essas jovens mães que tomam sobre si essa responsabilidade mesmo não sendo planejada,mas por outro lado,vejo que muitas tem o apoio da família,do namorado e etc. E se não fosse eles seria difícil pra elas.

    Gostei do post,assuntos interessantes aqui! E estou seguindo o blog. Muito obrigada pela visita Lary! Volte sempre ;)

    www.meianoitebr.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho muito difícil que realmente ocorram "gravidez planejada". Por mais que você planeje tudo, quando acontece, é sempre uma surpresa. Eu sempre quis ser mãe antes dos 25, então já tinha o meu emocional bastante preparado para essa etapa, mas tenho certeza de que se eu não estivesse recebendo todo o apoio que me dão, eu estaria me sentindo completamente perdida.
      Fico muito feliz que tenha gostado do meu espaço Flor.

      Excluir
  5. Você tá certa mesmo, e tem que ser antiquada quanto a isso,
    não tem como alguem tão jovem estar preparada MESMO!
    é uma viagem que não é uma aventura que termina um dia, é pra vida TODA
    e eu já tenho 21 e penso muito sobre como quero criar meu filho
    pensando em planejamento, dinheiro, como é que vai ser quando for pra ser
    imagina uma 'criança' jovem, na casa dos pais, que não começou a vida direito
    ... é assustador pensar.
    Mas você é centrada, seu filho vai ter uma mãe incrível. Saúde pra vocês *-* ♥
    ótimo post pra ajudar quem ta meio perdido e precisando de umas ajudas.
    Sinceramente Clara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Clara, mesmo sendo toda centrada e tal's, as vezes dá pra surtar. Pense bem: serei responsável por outra vida além da minha. É muita responsabilidade. Eu sempre digo: gravidez é uma benção, mas você tem que estar preparada. Obrigada por tudo.

      Excluir
  6. Ai como é lindo esses posts! Isso só me faz lembrar da minha mãe que está grávida, daqui alguns meses vou ter uma irmãzinha. *-* Não pretendo ter filhos tão cedo, mas acho lindo demais.

    www.nahboa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Criança é tudo de bom, mas tem que ter planejamento antes ;) Aproveite pra curtir muito sua irmãzinha e pra já ir aprendendo uns truques com a mamis hehe.

      Excluir
  7. Oiee

    Pra mim ainda não bateu essa vontade de ser mãe e nem sei se vai bater, nunca foi algo que pensei então acho que por enquanto nada disso irá acontecer mas enfim parabéns para você que será mãe, é um momento único e deve ser curtido e amado com toda certeza!

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Dre. É um momento maravilhoso e estou aproveitando ao máximo. Deixe rolar, talvez, com o tempo, você descubra que também é um sonho seu, como eu descobri que é meu.
      Beijos

      Excluir
  8. AH MORRO DE MEDO ! Serio desde que casei vivo com o pensamento de quando for mãe mas confesso que até me acalmei um pouco depois dessas palavras lindas *--* hahaha Amei !
    Que Deus te ajude nesse momento dificil porem mágico, gratificante e lindo *-*
    Beijos ♥ O Melhor de Mim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você tem tanto medo, Mica, é porque ainda não está na hora de ser mamãe. Com o tempo, esse medo vai passando. Tente conversar com amigas que já tem filhos pra saber como foi a experiência da maternidade para elas. Isso me acalmou bastante.
      Obrigadinha. Beijos

      Excluir
  9. Oi Lary, tudo bem?

    Parabéns pelo neném que está vindo. Que ele chegue com muita saude. E é isso mesmo que vc falou: a gravidez pode não ter sido planejada, mas ela tem que ser muito amada e desejada, afinal, é uma nova vida que se forma no ventre da mulher.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Kel. Eu costumo dizer que é muito mais primordial que a gravidez seja desejada do que planejada. Dificuldades todos passam, principalmente porque ninguém nasce sabendo como cuidar de uma criança, mas tendo amor, tudo se ajeita.
      Beijos

      Excluir
  10. Oii...eu antes não ficava pensando em ser mãe..mas agora já penso e desejo =)
    vem aqueles receios mas a vontade de ser mãe esta sendo maior...
    Beijos.
    Gurias Gata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tinha um certo receio. Mesmo sendo algo que eu sempre desejei muito, bate aquele medinho. Acho que é normal. Quem não se assusta diante do desconhecido?
      Beijos

      Excluir
  11. Concordo totalmente com você! Eu ainda nao sou mae, mais quero ser.
    Quero primeiro conseguir meus sonhos e aproveitar a vida antes de 'cuidar de uma outra vida'
    Quero tudo do melhor para meu bebe. Mas isso beeeem mais pro futuro. E olha, da vontade
    de dar uns tapas nas meninas novas que ja sao maes.. srsrs' Gostei do post, e sua opiniao tem muito a ver com a minha.. Beijos

    Blog | Face | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um tanto complicado falar sobre isso, Carol. Muitas pessoas não aceitam opiniões divergentes, o que pode levar a longas e cansativas discussões sem sentido. Eu dei minha opinião porque estou passando por isso, mas tenho certeza que muitas pessoas que leram esse texto ficaram revoltadas comigo. Faz parte do trabalho de expor sua opinião na internet. Espero que consiga realizar tudo o que deseja antes de realizar esse outro sonho de ser mãe.
      Beijos

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Posso até demorar, mas todos os comentários são respondidos
♥ Se deixar seu link no fim de um comentário decente, irei retribuir com todo carinho
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo