27 julho 2015

[Relatos de uma Mãe de Primeira Viagem] - Primeiro trimestre do Miguel

|| ||
Os primeiros meses de um bebê são muito especiais pra eles e pra toda a família. O primeiro trimestre do Miguel foi incrível. Cheio de novidades, descobertas e muito amor. Continue lendo para saber mais.

Quando decidi que queria ter um filho, sabia que tudo ia mudar, inclusive (se não principalmente) minhas noites de sono. Sempre fui uma pessoa que gosta de dormir. Quando acordo, desperto de vez, mas adoro poder dormir bastante. Desde os primeiros dias do Miguel, soube que não teria tanto trabalho assim pra criar uma rotina de sono pra ele. Acreditem ou não, ele dormiu quase 4 horas seguidas em sua primeira noite. Pode parecer pouco, mas para um recém nascido é muito.
Eu também sabia que meu filho sentiria dor, choraria e eu gostaria muito de poder arrancar esse sofrimento dele. Mas eu não sabia que quase que compartilhava a dor com ele e sentia em mim o que ele estava passando. Se tem uma coisa que acho que nunca vou acostumar é com as vacinas praticamente mensais. Pra mim é um martírio.
Recentemente, meu filhote ficou com o nariz bem trancado. Não sei se devido a um resfriado ou ao tempo que estava super seco aqui em São Paulo, sei que foi o maior sofrimento que já enfrentei. Esqueça a dor do parto. Ver ele sem respirar direito, sem conseguir mamar... isso sim doeu na minha alma.
Até agora falei apenas de coisas que são "ruins", mas nesses três meses eu descobri que o amor de uma mãe por seu filho é muito maior do que imaginava e nenhum poeta jamais conseguirá coloca-lo em palavras o suficiente. É um amor que cresce a cada momento, a cada olhar, a cada sorriso. Eu amo meu filho com cada fibra do meu ser.
O primeiro trimestre do Miguel foi cheio de descobertas pra ele também. Ele "conversa" em sua adorável língua de bebê, controla melhor seus movimento, sustenta seu pescoço com bastante firmeza, embora não esteja 100% ainda, tenta apoiar nos braços e pernas quando colocado de bruços, fica sentado e em pé com apoio, aprendeu a chupar o dedo e, com isso, a dormir sem precisar mamar ou ser ninado.
São coisas minimas se formos parar pra pensar, mas eu vibro com ele em cada uma dessas conquistas, o incentivo e apoio. Sei que ele ainda não entende o significado de eu te amo, mas sei que ele entende tudo o que fazemos por ele, todo o carinho e atenção que damos e o quanto ele é especial para nós.
Outra coisa que vem derretendo meu coração nesse trimestre é a relação pai e filho. É encantador ver o mô lidando com ele, brincando, incentivando também. E é lindo ver o sorriso no rosto do Miguel ao ouvir e ver o papai.
Enfim... De todas as formas possíveis e imagináveis, esse foi o trimestre mais encantador da minha vida. Aprendi a ter mais calma, a me doar completamente sem esperar nada em troca. Aprendi também quem privação de sono pode te tornar uma pessoa mais irritada, aprendi que pedir um socorro pra poder respirar fundo não é vergonha alguma. Meu filho tem me ensinado a ser uma versão melhor de mim mesma. Um sorriso dele pela madrugada me faz esquecer que fui acordada e que o sono existe.
É incrível ver como tudo muda em apenas três meses.

Que venham muitos mais meses e anos e que a felicidade seja uma constante nesse meu processo de aprender a ser mãe. Um grande beijo para todos e até a próxima.

6 comentários:

  1. Ele ta tão grandinho já!!!! Ta lindo o teu menino Lary! <3

    ResponderExcluir
  2. Olá Lary,
    Seu filho é lindo, indo, parabéns! Espero que Deus o abençoe com muita saúde!
    Nós, que não somos mães, não podemos imaginar como é amar um filho, ou melhor, como é ter um filho. Acredito que deve ser uma coisa maravilhosa e a melhor sensação do mundo.
    Adorei ler o seu post e espero ver mais posts assim.
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Muito obrigada *-*
      Eu achava que sabia como era o amor de uma mãe pelo seu filho, mas eu estava muito muito errada. É um sentimento inexplicável.
      Beijos

      Excluir
  3. Faz um tempo que não venho aqui, nem sabia que já tinha ganho essa coisa fofa aí ♥ Que criança mais gostosa gente, dá uma vontade imensa. Parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz tempo mesmo. Andou sumida. Já tem 4 meses já haha. Passa tão rápido. Dá vontade olhando assim né, mas nem tudo são flores kkkkk. Eu amo ser mãe, mas é bem difícil. Tem dias que choro junto com ele por não saber o que fazer. Obrigada

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos, normalmente nas quartas e domingos;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo