08 junho 2014

Eu assisti - A culpa é das estrelas

|| ||

Ficha técnica do filme...

Título original: The fault in our stars
Direção: Josh Boone
Lançamento: junho de 2014
Elenco: Shailene Woodley, Ansel Elgort, Nat Wolff

A opinião da Lary sobre o filme...

Bom, quem acompanha o blog e as redes sociais, sabe que o livro que inspirou o filme é um livro que gosto muito e sabe também o tanto que eu estava ansiosa para ver ele nas telonas. Claro que eu queria ter podido ir assistir na estreia, mas infelizmente não pude. Porém, hoje o melhor namorado/noivo/marido do mundo me levou para ver um dos filmes mais chorantes do mundo. Demorou a beça para conseguir comprar as entradas e todas as seções do dia se esgotaram (sucesso!).
Triste triste
Eu me senti estranha vendo o filme. Sabe como a Hazel se sente sobre o Uma aflição imperial, como se fosse algo só dela. Me senti meio que assim também. Sei lá. Foi estranho, mas também foi uma sensação bem legal, nova. O filme é bastante fiel ao livro (tirando alguns detalhes que vou listar depois) e é emocionante demais, todo mundo da sala de cinema estava chorando). Fica aqui uma nota: Eu odeio a Mônica.
Uma das cenas mais engraçadas do filme todo.
Gente! Nunca foi tão difícil para mim resenhar um filme. Foi pessoal demais.
Lista das principais diferenças, na minha opinião.
1- Não tem a ex namorada do Gus.
Eu não me lembro do nome dela, acho que era Carolina. Eu queria que tivesse ela no filme porque a presença dela tornava o Gus mais real, e explica o motivo dele ter encarado a Hazel no Grupo de Apoio.
2- Não tem a amiga da Hazel.
Essa eu não lembro o nome mesmo. Eu acho que deveria ter ela, porque ai teria o passeio ao shopping e o encontro com a menininha que experimenta a cânula da Hazel. E teria ela comprando os outros livros da serie que o Gus indicou.
3- O pai da Hazel não chorou.
No livro, ele é descrito como uma pessoa que está constantemente chorando e eu queria ter visto um pouco disso.
4- A mãe da Hazel não é toda comemorativa.
Tipo: "Hoje é dia da árvore! Vamos abraçar as árvores!"
Meus ingressos. Colados na agenda já!

Acho que essas foram as diferenças mais  marcantes pra mim. Claro que tem diferenças. Acho que nunca existirá uma adaptação 100% fiel ao livro. Acredito que até mesmo quem não gostou do livro pode gostar do filme. Se você ainda não assistiu, fica aqui uma dica e um apelo: Corra! Vá assistir essa coisa tocante. Pra ficarem com vontadinha, o trailer para quem ainda não viu ou para quem já viu, chorar de novo.

Um beijo e até a próxima. Com carinho, Lary Zorzenone.

8 comentários:

  1. Estou louca para assistir!
    http://sobre-tudoum-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista. Vale super a pena. É incrível.
      Beijinhos

      Excluir
  2. Olá Lary, tudo bem? Seu blog é lindo! Vou assistir ACEDE hoje... Estou muito ansiosa!
    Beijos e bom domingo.
    http://thamirisdondossola.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thami. Só lhe digo uma coisa: use make a prova d'água. Obrigada pelo elogio.
      Bom domingo pra você, flor. Beijinhos

      Excluir
  3. Deve ser muito bom, estou louquinha para assistir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu chorei como se não houvesse amanha. É lindo de mais.

      Excluir
  4. Ah Lary, eu demorei para me render ao John Green, sério. Acho que por considerá-lo "modinha", quando resolvi conhecer, uma amiga me presentou no meu aniversário, em março, mas só o li agora por conta da estreia do filme! É lindo e cativante, só não fui assistir ao filme ainda porque não tive tempo <3
    Essas diferenças que vc citou algumas são importantes, mas sabemos que as adaptações nunca são 100% fiéis mesmo. Adorei a resenha
    Beijos
    http://coisasdajuuh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também demorei pra me render a ele, Juh. O primeiro livro que li dele foi O teorema Katherine, e me conquistou completamente. O filme tá super lindo, vale a pena. Ah! Cansei de esperar uma adaptação 100%.

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos, normalmente nas quartas e domingos;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo