09 março 2017

Resenha #84 - Maze Runner - A Cura Mortal

|| ||
 Embora seja uma política minha nunca dar spoilers em resenhas,  menos quando antes informado, pode ser que essa resenha possa estragar a surpresa pra quem não leu os livros. Aconselho que os leia antes e venha depois conferir minha opinião. Caso não ligue para spoilers, leia a resenha  do primeiro livro e do segundo antes de ler essa.
Por trás de uma possibilidade de cura para o Fulgor, Thomas irá descobrir um plano maior, elaborado pelo CRUEL, que poderá trazer consequências desastrosas para a humanidade. Ele decide, então, entregar-se ao Experimento final. A organização garante que não há mais nada para esconder. Mas será possível acreditar no CRUEL? Talvez a verdade seja ainda mais terrível... uma solução mortal, sem retorno.
O primeiro, um tanto perigoso, mas ainda divertido. O segundo, perigoso e denso. O terceiro... Bom, o terceiro nos trás algumas respostas e algumas piadas novamente. Um dos livros em que mais chorei na vida, e quem me conhece sabe que isso não é pouca coisa.
Em A Cura Mortal, conhecemos uma das poucas cidades que  ainda tem pessoas não contaminadas, Detroid. Mas será que é possível se esconder de um vírus tão potente que se espalha pelo ar? Ou será que somente descobrindo de fato uma cura as coisas podem voltar a funcionar no planeta? E se nem todas as crianças forem imunes, como parecia ser?
Aqui acompanhamos a jornada de Thomas e dos Clareanos para descobrir, ou não, o seu passado. É hora de decidir em quem confiar, no que acreditar. Acreditar nos seus amigos que vão contra os seus ideais ou acreditar em pessoas que conhece a pouco, mas se arriscam para que você possa fugir? Lembrar ou não lembrar?
"A urgência em obter as respostas era quase perigosa demais para continuar olhando dali o desfiladeiro." Pág. 15
Já vou adiantar: Thomas escolhe não lembrar. E isso me irritou bastante, porque sei que teria respostas caso ele lembra-se e eu ainda preciso de respostas. Somente Thomas, Minho e Newt optam por não terem suas lembranças  restauradas, o que pra mim foi bem chocante.
"_Quero minhas recordações de volta. Faça as próprias escolhas, mas me deixe fazer as minhas." Pág. 42 (Caçarola para Minho)
Na jornada deles para Detroid em busca de um médico que possa retirar o controle do cruel sobre  eles, muitas revelações são feitas, amigos são perdidos e novos aliados são encontrados. A busca pelo Braço Direito se inicia.
Como seria pra você ver um dos mais confiáveis amigos começar a se perder dentro de sua própria mente? Pra mim foi terrível ter de ler e vivenciar algo assim. Foi a partir dai que começou a choradeira.
Enfim. É complicado falar muito desse livro sem dar spoilers, até porque, diferente dos outros dois, esse ainda não tem o filme. Quero muito ver a adaptação e ver o que vão fazer pra concertar todas as trapalhadas feitas no segundo filme. Foi o da trilogia que dei a nota mais baixa por motivos de: Achei o final meio "blah".

Outras quotes
"Enfim tinham uma direção a seguir. Sentiu um sorriso se abrir no rosto e não apenas porque tinha sido beijado." Pág. 116

"_Se não voltar a vê-lo do outro lado, lembre-se de que amo você" Pág. 129 (Minho para Thomas antes de entrar nos muros de Detroid)

Ficha Técnica...

Título original: The Death Cure
Título em português: Maze Runner - A Cura mortal.
Autor: James Dashner
V&R Editoras
368 páginas
Ano 2012
ISBN-13: 9788576833888
ISBN-10: 8576833883
Nota: 3.5
Nota no Skoob: 4.0

Quote escolhida pro projeto Poteando quotes




Concluindo: Leitura tão empolgante quanto dos outros livros. Somos apresentados a um cenário bem menos caótico e tive um pouco de dificuldades pra me situar na aparente calmaria, mas não decepciona, a não ser pelo final. Sei que tem mais livros da série, mas já vi comentários negativos falando que os outros livros só foram escritos para vender mais. Não sei se irei ler o restante.

Quero agradecer aqui ao meu melhor amigo da vida, Gabriel. Foi meu anjinho de cabelos cacheados que me emprestou a trilogia pra que eu pudesse  mergulhar nesse mundo. Agradeço também por ter tido paciência comigo enquanto eu lia. Eu sei que te  enchi de perguntas e que brigava quando você me respondia. Mas é assim que a banda toca quando estou lendo, você já sabe disso. Amo você.

Espero que tenham gostado das resenhas dessa incrível trilogia. Quem ainda não leu, leia. Quem já leu, vem falar comigo. Desculpem se ei algum spoiler, mas avisei que poderia ter. Um beijo e até a próxima.

4 comentários:

  1. Puxa, que pena que o final não foi tão bom assim. Infelizmente alguns autores esticam mesmo suas séries.... De qualquer forma eu espero um dia conferir nem que seja só os primeiros livros rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mi, mesmo com o final estranho, super recomendo que leia a trilogia
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Lary.
    Não li nenhum, assisti o primeiro filme e super amei, mas o segundo já me deu uma desanimada aí acabou que nem peguei vontade de ler os livros.
    E que chato que o final não era o que esperava.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila
      Eu gosto bem mais do primeiro filme do que do segundo, mas o segundo livro é bem eletrizante.
      Beijos

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Posso até demorar, mas todos os comentários são respondidos
♥ Se deixar seu link no fim de um comentário decente, irei retribuir com todo carinho
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo