23 janeiro 2017

[Relatos de uma mãe de primeira viagem - Mãe de menino

|| ||
Ser mãe de menino é ao mesmo tempo uma benção e complicado. Uma benção porque fico mais calma sabendo que quando meu filho crescer não será assediado ao sair na rua. Complicado pelo mesmo motivo. Eu explico.
A tarefa de educar qualquer criança, de qualquer gênero é complicada, mas eu fico me perguntando se vou conseguir passar meus valores ao Miguel. Quero que ele seja alguém que respeita a todos, independente de qualquer coisa. Quero que ele entenda que todos somos seres humanos antes de mais nada. Mas essa não é uma tarefa tão fácil.
Todos falam sobre as maravilhas da maternidade, mas ninguém comenta sobre as dificuldades dela. Não ouço falarem por ai sobre como é difícil ensinar limites as crianças, a como ensinar elas a aceitarem os "nãos", a entrarem em um rotina, a dormirem sozinhos. Todas as fases do crescimento e do desenvolvimento tem dificuldades e, muitas vezes, toda a responsabilidade sobre a educação da criança cai sobre a mãe, que provavelmente já está cansada de todas as noites sem dormir, exausta pelos dias puxados e a paciência para educar sem gritar vai sumindo. E ai o que sobra pra nós? Julgamento e cupa.
Outra coisa que me aflige é pensar se eu saberei educar meu filho pra ser um bom pai um dia. Hoje em dia os papéis ficam confusos. Com as mulheres conquistando seu espaço no mercado de trabalho, o papel do homem que era prover a família também fica confuso, fica meio que perdido e ai acaba que os homens também não sabem como agir na paternidade.
Quero educar meu filho pra aceitar os "nãos" ad vida, quero que ele também diga não quando se sentir desconfortável  com algo, quero que ele seja um bom ser humano. Quero que ele lute por seus sonhos, que ajude quem precisa, que estenda sempre uma mão amiga. Quero que ele seja uma pessoa melhor que eu.

14 comentários:

  1. O meu maior medo da maternidade é a parte da educação, você ensinar e educar não deve ser uma tarefa fácil. Mas com calma deve dá tudo certo! :)
    Boa sorte e saúde para o Miguel!!!
    http://www.corujasemasas.com.br/
    Beijos. <3

    ResponderExcluir
  2. Oi Lary, tudo bem? :)

    Confesso que isso me assusta um tanto na maternidade: saber que eu serei responsável pela pessoa que aquele serzinho se tornará. Saber que tudo o que eu faço/e digo refletirá permanentemente nele... só de imaginar isso já me assusta, imagino que deve ser ainda mais quando você olha nos olhos dele todo os dias e pensa sobre isso. Mas, também acho que esse seu medo é algo bom; demonstra o quanto esse assunto realmente importa pra você e isso me faz acreditar que o Miguel será um homem incrível e torço de coração por isso!

    Beijos! ;*
    ❤ Letras Eternas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é a parte mais assustadora mesmo, Day. Ficamos apreensivas, porque criança mal educada é sempre culpa da mãe, nunca do pai que, coitado, está sempre muito cansado. Eu estou tentando dar o meu melhor pra que o Miguel seja um homem incrível.
      Beijos e obrigada

      Excluir
  3. amei sua sinceridade no texto.
    Ainda não sou mãe, mas nunca me iludi com tudo que falam de bom sobre a maternidade, pois sei que também tem muitas responsabilidades.
    Mas sei que as coisas boas, ultrapassam as dificuldades <3
    PS: Parabéns pelo lindo menino!
    Bjs
    estilomulhervirtuosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim mesmo. Tem muita dificuldade, mas também tem muita coisa boa e linda.
      Obrigada
      Beijos

      Excluir
  4. Calma moça, você vai conseguir! Tenho certeza. (=
    http://www.arquivosderafaela.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lary,
    só tenho uma coisa a te dizer: "Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele." _Provérbios 22:6

    Beijos *_*
    Espero por você lá no meu blog!
    Blog: Desvendando Segredos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querida. Acredito muito nisso, mas a responsabilidade é muito grande e nos faz fraquejar

      Excluir
  6. Que fofo , não sou mãe mais tenho duas sobrinhas .
    www.cacheandocommirellydarlen.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Lary!
    Você tirou do meu pensamento tudo o que eu estou passando. Eu também sou mãe de um menino muito agitado rsrs, mais que me faz muito feliz! Obrigada pela visita e pelo carinho! Te seguindo rsrs...👣

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é fácil, mas a gente consegue (não sei como hehe)

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Posso até demorar, mas todos os comentários são respondidos
♥ Se deixar seu link no fim de um comentário decente, irei retribuir com todo carinho
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo