30 novembro 2015

Relatos de uma mãe de primeira viagem - Maternidade real

|| ||
As pessoas precisam aprender que tudo o que postamos na internet é editado, é diferente da vida real. Vemos por ai famílias perfeitas, mães perfeitas e filhos perfeitos. Na realidade, não é assim que funciona.
Meu filho não é perfeito. Nem sempre dorme a noite toda, choraminga quando está com sono, me chuta quando vou vesti-lo, puxa meu cabelo... Assim como eu também não sou uma mãe perfeita. Tenho sono a maior parte do dia, converso sozinha, repreendo o Miguel por coisas que não me agradam mesmo ele sendo tão pequeno, tenho preguiça de fazer almoço, não consigo criar uma rotina de sono efetiva pro Miguel, deixo ele dormir no peito...
Porque estou lavando toda essa roupa suja aqui? Simples. As pessoas precisam saber que não estão sozinhas. Quando lemos esses relatos maravilhosos de famílias perfeitas, começamos a nos sentir menos mães, mães que não estão dando o seu melhor. Claro que cada dia é um aprendizado e deve ser melhor do que o anterior, mas isso não significa que não vamos errar. Ninguém nasceu sabendo como agir com as mais variadas situações.
Eu ainda tenho muito a melhorar como mãe. Minha experiência com a maternidade está apenas no início. Sei que ainda vou errar muito, mas também vou aprender muito e dar o meu melhor para meu filho todos os dias. Ele merece a melhor versão de mim. O que fica na minha mente é uma frase que minha mãe me falava: "A gente não lembra muito da fase dos filhos pequenos porque era tudo tão corrido, sentíamos tanto sono que a memória não conseguiu armazenar muitas informações." O que quero dizer com tudo isso é que você não está sozinha. Você não é menos mãe porque fiquei chateada ou brava com seu filho. Isso só a torna humana, como todos nós somos.
Ninguém disse que ser mãe era tarefa fácil, mas ninguém me disse que seria cansativo, mas que ao mesmo tempo seria a melhor cosia de minha vida. Ser mãe não é mais o que eu sou. É quem eu sou. Eu sou Larissa, mãe do Miguel.

10 comentários:

  1. Olá,
    Sim, vemos pouco da realidade na internet em si, muita coisa é mascarada e passa pelo processo de perfeição exagerado. Enfim, gostei muito do texto e do post, confesso que algumas das coisas que mais gosto nas pessoas são suas imperfeições.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos feitos de imperfeições. Imagina que saco se todos fossem perfeitos? Um perfeito tédio.
      Beijos

      Excluir
  2. Ainda não sou mãe, mas entendo que não é nada fácil depois que o filho e não é tão perfeito como mostra comerciais, internet entre outros.

    Flores ao Chão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. Não é fácil e não existe fórmula secreta pra aprender a ser mãe da noite pro dia. É um processo de aprendizagem longo.

      Excluir
  3. Uma das coisas que gosto em você é essa sua sinceridade. Eu não sou mãe, e estou longe de ser, rs, mas dá pra ver que tudo o que você escreve sobre maternidade é permeado de verdade. Acho que é essencial.
    Abraços, Lary.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo tem muita verdade mesmo. Acho que já tem gente de mais mentindo sobre sua forma de ser mãe e eu não quero ser mais uma dessas.
      Forte abraço

      Excluir
  4. Muito lindo seu relato, muito tocante e real, parabéns por usar toda sua sinceridade para fazê-lo.
    Já estou seguindo e adorando o blog <3
    Beijos.
    Criei um blog, recentemente, para falar sobre cinema e artes no geral, se puder dar uma olhadinha significaria muito para mim: http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado de meu cantinho. Volte sempre.
      Beijos

      Excluir
  5. Gostei da sinceridade que você expressa neste texto, com certeza já ganhou uma nova seguidora!

    Dá uma passadinha no meu blog? Já estou te seguindo se puder retribuir fico agradecida :D


    http://ohfanfiqueira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Lydia. Fico muito feliz quando as pessoas me seguem por eu ser quem sou. Melhores pessoas vocês sz

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos, normalmente nas quartas e domingos;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo