14 outubro 2015

Resenha #57 - Verme!

|| ||
Livro cedido para resenha em parceria com o autor. Todas as opiniões aqui expressas são minhas e puramente minhas, na tentativa de transmitir o que senti com a leitura.

Tratar a realidade em sua forma pura. É isso que Jim faz nessa obra boêmia urbana. Fala sobre o cotidiano em sua forma mais crua, sem enfeitar as atitudes de ninguém.

A opinião da Lary sobre o livro...

Verme!, obra de Jim Carbonera, narra a história de Rino, morador de Porto Alegre, escritor e boêmio. Rino mora com os pais, porém possuí sua própria renda, embora não trabalhe. Enquanto tenta escrever um novo livro, Rino nos mostra seus amigos e as mulheres que passam por sua vida.
A princípio, me assustei com a escrita dessa obra, visto que tem uma linguagem bem direta, seca, quase chula. Acredite em mim, toda essa linguagem tem um propósito. O livro é narrado em primeira pessoa, o que explica a linguagem seca, visto que o protagonista é dessa forma, sem papas na língua. Rino pode ser eu ou você ou seu vizinho, com a diferença de que ele não dá muita bola para convenções sociais e fala e faz o que dá na telha.
Rino não gosta de muitas manias de sua mãe, que foi uma personagem que me desagradou um pouco, mas se dá bem com seu pai e trava diálogos meio... estranhos com ele.
Verme! foi uma obra que abriu portas para mim. Não é uma leitura que vá agradar a todos os tipos de leitores, mas pode abrir portas como abriu pra mim. Não indico para menos de 18 anos.
Trecho que aparece a Larissa

Ficha Técnica...

Título: Verme!
Autor: Jim Carbonera
Editora Boêmia Urbana
200 páginas
Nota: **** (4/5)
Nota no Skoob: 4.5

O livro cumpriu itens do Desafio Literário? Sim
Quais?
Um livro de literatura brasileira
Um livro ganho
Um livro que um personagem tenha seu nome ou de algum familiar

Concluindo: Verme! não é uma obra que agrade a todos e pode causar certo espanto logo no início, mas quem se permite mergulhar em Porto Alegre e na vida de Rino, vai encontrar surpresas e uma pessoa comum, que pensa como todos nós, que quer apenas ser feliz. Recomendo pra quem gosta de conhecer novos estilos de escrita e de histórias reais.

2 comentários:

  1. Oi, Lary.
    O tema do livro é meio controverso,
    com uma escrita brutal e alguns detalhes meio sórdidos.
    Fico feliz por saber que o autor é brasileiro.
    Além disso, é possível fazer uma série de análises sociais,
    o que me agrada muito.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diego
      Realmente é possível fazer várias análises sociais com essa leitura. O fato dele ser nacional ajuda ainda mais, visto que conhecemos bem a triste realidade de nosso país. Com certeza é uma leitura não convencional, mas que pode mudar sua forma de ver a vida.
      Forte abraço.

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Posso até demorar, mas todos os comentários são respondidos
♥ Se deixar seu link no fim de um comentário decente, irei retribuir com todo carinho
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo