21 setembro 2015

[Relatos de uma Mãe de Primeira Viagem] - Segundo trimestre do Miguel

|| ||
Assim como o primeiro trimestre, o segundo também é bastante intenso, talvez até mais. Acredito que o primeiro e o segundo ano são os que passam mais rápido, justamente por ser os anos em que os bebês aprendem praticamente tudo.
Se no primeiro trimestre o Miguel aprendeu a ficar sentado com apoio, nesse segundo trimestre ele evoluiu a habilidade e fica sozinho sem apoio. Ele cambaleia para os lados ainda, mas já está bem firme. Ele ama ficar em pé. É segurá-lo em pé que ele começa a rir. Uma delicia ver o quanto ele já está tentando ficar independente.
Por volta do quarto mês, ele aprendeu a ficar de bruços quando deitado de barriga pra cima. Ele vira e já tenta engatinhar, embora ainda não consiga. Ele consegue meio que se arrastar e é muito fofo ver o quão feliz ele fica quando alcança o que estava tentando. Ele fica meio desesperado porque não consegue voltar para a posição inicial, de barriga pra cima. Ai ele tenta, não consegue e chora haha.
Ele estava tentando pegar a naninha
Outra coisa que é muito boa para as mamães é que o bebê interage mais nessa fase. Eles sorriem mais, tentam imitar expressões, demonstram melhor o quanto você é especial pra eles. É fofo quando coloco ele sentado no meu colo e ele vira pra mim, levanta a mãozinha e coloca ela no meu rosto. Morro de amores. Miguel ama brincar, principalmente brincadeiras que envolvam levantar ele bem alto. Como ele tem uma mamãe medrosa, aproveita o papai para essas brincadeiras mais aventureiras. Outra coisa que ele adora são os brinquedos com luzes e com barulhos. Controles também são bem vindos, tanto os da TV, quanto os de video game. Tem que ficar de olho hehe.
Ele está dormindo bem melhor. As vezes dorme a noite inteira e outras acorda apenas uma vez para mamar. E falando sobre mamar, eu consegui! Chegamos no sexto mês apenas com o aleitamento materno. vez ou outra ofereço purês e pedacinhos de banana, mas o tanto que ofereço não se equivale a uma refeição. É apenas o suficiente para ele ir se adaptando a novos sabores. E vamos que vamos continuar com a aleitamento enquanto os dois se sentirem bem com isso.
Como disse, ele descobriu a voz dele e isso é meio complicado. Ele tem gritado bastante, mas conversando com ele isso foi diminuindo, embora ele ainda grite. Sei que é tudo descoberta, mas ninguém merece ouvir gritos agudos a cinco da manhã, concordam?
Quem mais morre de amores com bebês na fase oral que tentam por o pé na boca? Eu acho muito fofo e é engraçado de mais ver quantas tentativas ele faz para conseguir tal proeza. Ele se vira, estica, puxa e dá muita risada. Eu? Eu rio junto e deixo ele ir descobrindo o mundo a sua maneira.
O segundo trimestre é tão incrível quanto o primeiro para bebê, mãe, pai, família. Tudo acontece muito rápido e temos que aproveitar com intensidade, pois logo isso ficará apenas na nossa memória. Cada dia é único e jamais teremos a oportunidade de repeti-lo exatamente da mesma forma. Essa é minha dica. Aproveitem. Os livros poderão ser lidos depois, a louça na pia pode esperar um pouco, assim como a faxina que tinha programado. Meu pequeno bebê já não é tão pequeno assim, mas sempre caberá em meu coração e em meu abraço.

Que venha o primeiro ano! Um grande beijo e até a próxima.

10 comentários:

  1. È uma delicia poder participar de cada momento dos nossos bebes, o Adryan ja vai fazer 1 ano ele ja em pé sozinho, fala mama, e imita nossas expressões adora fazer careta é muito bom agente tem que aproveitar cada momento porque passa muito rápido.

    www.blogfabianacarvalho.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo muito bom poder acompanhar cada faze do desenvolvimento de um ser humano. Eu acho que está passando tão rápido...

      Excluir
  2. Lary, o Miiguel está tão lindo! Parabéns por ele. Aproveite cada momentinho ao lado do seu baby.
    Beijos, Tão doce e tão amarga.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Thami. Eu aproveito tudo haha. Sei que nunca mais essa fase voltará e sentirei muitas saudades.
      Beijos

      Excluir
  3. ô meu Deus que coisa mais fofa
    ele está uma gracinha, quando leio posts assim fico ansiosa para que meu Pedro chegue logo rs, mas procuro curtir cada etapa, afinal não volta não é mesmo? Ainda estou na fase do barrigão e apesar das dores, estou curtindo muito carregar meu menino.
    Bjus

    http://www.morenaemoderna.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que saudades do barrigão. Aproveita mesmo porque mesmo amando muito ter meu bebe nos meus braços, morro de saudades dele no barrigão haha.Cada fase é maravilhosa a sua maneira.
      Beijos

      Excluir
  4. Ai que lindo!
    Essa fase é uma delicia mesmo. As gracinhas são demais ♥

    ResponderExcluir
  5. Que relato emocionante! É uma delícia acompanhar o crescimento dos pequenos e ao mesmo tempo é bem triste porque a gente sabe que não vai voltar mais e passa muito rápido, mas ficamos felizes em vê-los crescendo e se desevolvendo.
    Um forte abraço para você e um beijinho para o Miguel, essa coisinha linda que dá vontade de morder *.*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito emocionante. Eu tento aproveitar o máximo possível porque de um dia pro outro muda muita coisa.
      Abraços e o Miguel retribui o beijo haha

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Posso até demorar, mas todos os comentários são respondidos
♥ Se deixar seu link no fim de um comentário decente, irei retribuir com todo carinho
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo