27 abril 2014

Eu (finalmente) assisti "Noé" + Agora vocês vão saber mais de mim e dos meus passeios

|| ||

Ficha técnica do filme...

Lançamento: Março de 2014
Direção: Darren Aronofsky
Elenco: Russell Crowe, Emma Watson, Logan Lerman, Jennifer Connely, Douglas Booth.

A opinião da Lary sobre o filme (e outras coisas)...

Como vocês viram pelo subtítulo aqui, quando eu for no cinema, não vou mais apenas dar a minha opinião sobre o filme. Vou falar também de coisas aleatórias que acontecem lá. Por que eu vou fazer isso? Para vocês saberem que eu não sou só um blog, não sou só uma blogueira. Sou também uma pessoa e acho legal compartilhar algumas coisas com vocês. O post vai ficar um pouquinho mais longo, porém farei de tudo para não deixá-lo muito cansativo.
Meu look pro passeio ;)
 Para quem tem alguma curiosidade, eu moro atualmente em Osasco e frequento o Super Shopping, quem conhece sabe que é um lugar muito bacana pra passear. E também pra quem não sabe, eu sempre vou lá com meu namorado (noivo. Esposo. Sei lá...), o que me rende boas risadas e deixa tudo mais legal (que coisa de menininha apaixonada). Toda vez que vamos para lá, eu, mesmo sem um centavo no bolso, entro na livraria pra ficar namorando alguns bebês e meu amorzinho, que se chama Yan, tenta me tirar de lá a qualquer custo.
O melhor lanche do mundo (não. O Burger King não me paga pra eu falar isso)
 Hoje não foi diferente. Entrei na livraria, quis levar tudo, ele não deixou, eu chorei, saímos de lá. Praça de alimentação, BK picanha (que é a melhor coisa do mundo. Caso ainda não tenham comido, experimentem e voltem para relatar como foi a experiência), muita Pepsi e batata frita. Acontece que reabriram a "sala de jogos" do Shopping e nós dois, como boas crianças crescidas, fomos lá brincar antes do filme começar. Jogamos um jogo que não lembro o nome (aquele lá da mesa que tem o disco e você tem que defender seu gol e marcar gol. Sabe né?) e íamos jogar basquete, mas a fila estava grande e nossa paciência não. Quando, do nada, Yan Henrique diz:
_Vou ali nas maquinas pegar um ursinho.
Com essa confiança toda! E, acreditem ou não, ele pegou um ursinho. Eu deveria ter filmado...
O ursinho do milagre
 Após esse milagre da engenharia eletrônica, entramos na sala do cinema, que estava até que bem cheia. Eu já estava quase morrendo, afinal, queria muito ver a atuação da Emma Watson, que foi muito elogiada até agora. Bom, detalhes a parte, agora vou falar sobre o filme.
De modo geral, gostei bastante do filme. Eu não me recordo muito bem da história real de Noé, aquela que está escrita na bíblia, mas vou procurar reler para definir melhor minhas opiniões sobre algumas coisas bastante estranhas que ocorrem no filme. Mesmo sem me lembrar direito, tenho quase certeza de que Noé e sua família viviam em uma cidade, e não isolados do mundo como mostra o filme, mas okay.


Claro que não seguiram a risca a história, tem bem mais ficção, mais drama e, para mim, muito mais violência. Sou uma pessoa sensível de mais, que não gosta de mortes, de guerras e nada do tipo e tem sangue de mais pra mim no filme. Achei esse Noé de Hollywood muito violento. Ah. Acho legal vocês saberem que eu acredito em Deus, tá, por isso estou comparando o filme com a Bíblia. Chorei em diversas cenas, me desesperei em outras tantas e me emocionei em outras. A atuação da Emma estava, em minha opinião, impecável, como sempre. Ela é de fundamental importância para certos pontos da história e ela não deixou a desejar. Me desculpem se eu der spoiler, mas preciso falar isso: Na hora que ela vê que seus filhos são meninas, ela demonstra um desespero tão real, tão intenso, que eu chorei com ela e comecei a rezar, pedindo pra Deus iluminar Noé pra que ele não matasse as menininhas.

Eu não poderia deixar de citar aqui nosso querido Matusalém, avô de Noé. Ele é uma figura e tudo o que o velho quer é comer frutas silvestres. Ah! Ele cura Ila, que é a personagem da Emma Watson. Quando Noé encontra ela, ela está ferida no ventre, o que a torna estéril. E o Avô, que é como eles chamam Matusalém, a cura. É tão fofo e emocionante.

Tem mais uma coisa que eu preciso contar. Foi muito engraçado. Na hora que o Logan Lerman apareceu, eu falei para meu namorado:
_Olha mor. É ele que faz o Percy Jackson. - E ele me veio com a seguinte resposta:
_Então ele não precisa nem entrar na arca. Ele é filho de Poseidon, tem respiração infinita.
Pois é né. Ri muito com essa frase.

Divergências no conteúdo a parte, eu acredito que é um filme que vale o preço do ingresso, o tempo gasto pra comprar pipoca e o tempo na sala do cinema tendo que aturar pessoas, às vezes, desagradáveis. Caso ainda não tenham visto o trailer, confiram logo aqui abaixo:


Essa sou eu assustando vocês

Eu espero que tenham gostado do novo formato do post. Me perdoem pelo tamanho absurdo, eu só quero ficar mais próxima de vocês <3 a="" as="" at="" beijos="" blog="" br="" carinho="" com="" comentar="" curtir="" de="" deixem="" do="" e="" em="" facebook="" gina="" instagram="" lary="" me="" n="" no="" o="" p="" pr="" redes="" seguir="" sociais.="" todas="" xima.="" zorzenone.="">

2 comentários:

  1. Vi muitas críticas a esse filme e ja tinha ficado desanimada de ver!
    Me falaram que foge muito da historia da biblia e que a trilha sonora deixa muito entediante! :/
    Enfim, que sorte que vc deu, meu namorado nunca conseguiu pegar bichinho pra mim naquelas maquinas kkk!

    Passa la no meu blog também (:
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história foge bastante (tem monstros de pedra, menina!), mas eu até que gostei. Acho que gostei por causa da ótima atuação dos atores. Foi incrível.
      Beijos

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos, normalmente nas quartas e domingos;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo