26 agosto 2011

Daquilo que eu chamo de amor

|| ||

Ela era a típica nerd da turma e teve seu coração partido em milhares de pedaços. Ele era o tímido-quetinho-fofo que era o companheiro, mas que também estava com o coração machucado. Um amigo em comum os apresentou. O jeito fofo dele logo chamou a atenção dela e o jeito distraído e sincero dela conquistou ele de cara. Ela sentia que ele ia marca-la de alguma maneira.
Começaram a conversar diariamente pela internet (sim. Alguns quilômetros os separavam) e logo foram criando afinidade. A amizade deles cresceu e o carinho que sentiam também. Ela não conseguia mais passar mais de algumas horas sem falar com ele. Ele esperava por ela todos os dias ansiosamente. Ela fechava os olhos para poder vê-lo e senti-lo. Ele não aguentava mais de vontade de ter ela junto de si.
Ela foi começando a sentir algo que ela agora abominava. Ela não queria sentir isso por mais ninguém, havia prometido a si mesma que não voltaria a amar se não provassem que existe amor verdadeiro. Ele mostrou pra ela que amo verdadeiro supera todas as barreiras existentes. Mostrou que ela poderia ser feliz. Mostrou que para amar não é preciso sofrer.
Ele mostrou que não é necessário ser perfeita para ser especial, não é preciso esconder seus defeitos para agradar, porque eles fazem parte do que você é. Ela mostrou a ele que a distância não significa quase nada quando duas pessoas se amam de forma intensa. Ela e ele estão felizes novamente porque a vida os uniu.

Eu te descrevo como a luz
que me guiou na escuridão
Eu ganho tanta segurança
quando eu toco a sua mão
São esses meus caminhos tortos que me levam a direção
de ter tudo o que eu quis pra mim, não perder o que um dia foi meu
(Caminhos tortos ~ Kaká Reis)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos as quartas e ao domingos.
♥ Para deixar seu link, use esse exemplo Nome do seu blog
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo